NOTÍCIAS

INIS ACOLHE WORKSHOP SOBRE ACTIVIDADES DESENVOLVIDAS PELA BRIGADA DE LUTA ANTI-VECTORIAL

Workshop actualiza o índice de Malária, Dengue, Zika e Chikungunya em alguns municípios de Luanda.

 
Decorreu nesta Quarta-feira, 27 de Novembro, no Instituto Nacional de Investigação em Saúde, o workshop sobre as actividades desenvolvidas pela Brigada de Luta Antivectorial. Participaram da sessão membros do Laboratório de Biologia Molecular e Direção Técnico-científica do INIS, membros da Direcção Nacional de Saúde Pública - DNSP e membros da Brigada Cubana de Luta Antivectorial, que apoiam as actividades do Programa Nacional de Controlo da Malária – PNCM e líderes comunitários de Viana e Zango. O objectivo central deste workshop foi o de actualizar todos os agentes da saúde sobre o índice de Malária, Dengue, Zika e Chikungunya  nos municípios de Viana e Zango. Foram também objectivo do mesmo dar a conhecer o papel dos brigadistas e membros da cooperação cubana na redução dos criadouros nestas zonas de risco e bem como explicar aos colegas das outras instituições de saúde o papel do Laboratório de Biologia Molecular no diagnóstico precoce das arboviroses, para além de estabelecer uma parceria entre o referido laboratório e o Programa de Luta Antivectorial.
Alguns temas estiveram em debate no encontro:
  • Vigilância laboratorial das arboviroses em Angola, apresentado pela Dra. Zoraima Neto, Chefe do Departamento de Biologia Molecular do INIS, onde se abordou sobre a circulação dos arbovírus em Angola (de 1971 a 2018); factores que influenciam a disseminação dos arbovírus (alta densidade populacional, viagens internacionais e alterações climáticas); disponibilidade do mosquito Aedes aegypti; vigilância laboratorial das arboviroses em Angola, recepção das amostras no INIS e resultado da vigilância laboratorial sobre a Febre Amarela, Chikungunya, Dengue e Zika;
  • Programa Nacional de Controlo da Malária, apresentado pela Dra. Arlete Troco, da Direcção Nacional de Saúde Pública, que apresentou as estratégias de controlo de vectores, sistema de vigilância Entomológica, estudo nacional de susceptibilidade e perspectivas sobre o mesmo programa;
  • Estratégia e desafios no controlo do Aedes Aegypti, apresentado por Izabel Cristina dos Reis, da Fiocruz, que abordou sobre a complexidade das doenças transmitidas por vectores, as espécies envolvidas na transmissão do Zika, Dengue, Chikungunya e Febre Amarela em África, a taxonomia dos mosquitos, seu ciclo de vida, características de importância epidemiológica, transmissão viral, diferença entre macho e fêmea de Aedes, co-ocorrência dos dois vectores em diversos locais fora de suas regiões biogeográficas originais, programas de controlo de vectores tradicionais, estratégias de controlo de Aedes, vigilância de Aedes em Luanda, Plano Estratégico para o Controlo Integrado de Vectores em Angola e Métodos de Controlo de Aedes.
Após as abordagens dos temas houve uma visita guiada ao instituto, da qual os membros da Brigada Cubana de Luta Antivectorial conheceram o Laboratório de Biologia Molecular e seu funcionamento, onde fizeram uma observação in loco de larvas, na secção de Insectário, de ovos e mosquito adulto do Aedes Aegypti e bem como a diferenciação do seu macho e fêmea, através de um estereomicroscópio.
 
 
 

INIS - Instituto Nacional de Investigação em Saúde

  • Endereço: Rua Amílcar Cabral 96, Maianga - Luanda Angola
  • Email: geral@inis.ao  inis.minsa@gmail.com
  • Telf.: 222393247 / 222395881 / 222330751
  • Fax: 392911

SIGA-NOS

    

© 2020 INIS - Instituto Nacional de Investigação em Saúde
Desenvolvido pela AngoWeb